As principais causas de falhas em mangueiras e seus terminais são:

  1. Utilização em faixa de pressões não recomendada.
  2. Utilização em de temperatura não recomendada.
  3. Utilização em fluidos não compatíveis
  4. Utilização com raio de curvatura inferior ao mínimo recomendado.
  5. Mangueira com diâmetro interno abaixo do recomendável.
  6. Erro de montagem mangueira/terminal.
  7. Instalação inadequada.
  8. Alinhamento inadequado – Mangueira torcida
  9. Ação abrasiva sobre a mangueira.
  10. Uso inadequado

Faixa de Pressões

As mangueiras não devem ser submetidas a faixas de pressões diferentes da recomendada.

Quando excede-se a máxima pressão de utilização recomendada o fator de segurança é reduzido. Isto resulta numa diminuição da vida da mangueira, ocasionando como conseqüencia, um maior custo de operação do equipamento, pela sua mais frequente substituição e, por hora máquina parada para manutenção. Em sistemas hidráulicos sujeitos a golpes/impulsos de pressão frequentes, pode-se esperar tambem uma redução na vida da mangueira.

Faixa de Temperaturas

Temperaturas extremas, sejam internas ou externas, contribuem bastante para falhas em mangueiras. Mangueiras continuamente expostas a ciclos de aquecimento e resfriamento são deterioradas rapidamente. Quando esta ocorrência é somada a existência de golpes de pressão, a vida da mangueira é drasticamente reduzida.

Compatibilidade Química

Incompatibilidade química entre o fluido utilizado e o material de que é construida a mangueira, pode causar uma série de problemas tais como: ressecamento ou dissoulução do material da mangueira, induzindo a vazamentos, separação terminal/mangueira, ruptura, entupimento do circuito por desprendimento de partículas do tubo interno da mangueira.

Raio de Curvatura

Quando utiliza-se mangueiras em raios de curvatura menores que o raio mínimo recomendado, há uma redução da vida da mesma.

Deve-se compreender que, quanto menor for o raio de curvatura maior será a solicitação da parte externa e o risco de se ter dobramento na parte interna da região curvada da mangueira.

OBS.: O raio de curvaturo é medido sempre na parte interna da mesma.

Dimensão

Deve existir sempre uma adequação entre o diâmetro interno da mangueira e a vazão do sistema. Toda vez que o diâmetro interno da mangueira é pequeno para a vazão que se tem, ocorre uma restrição por fricção interna no fluido, o que induz a um aumento de temperatura do mesmo, reduzindo a vida da mangueira

Erros de montagem mangueira/terminal

Quando uma mangueira sai do terminal, as causas podem ser:

  1. montagem do terminal errado para a mangueira
  2. montagem inadequada

Um erro típico de montagem mangueira/terminal é aquele onde a espessura da parede da mangueira é grande para o terminal, de modo que a montagem nãqo ocorre sem que haja dano na mangueira .no terminal ou em ambos. Caso tenhamos , por exemplo , uma mangueira de média pressão montada com terminais para mangueiras de alta pressão.a mangueira sai do terminal devido a espessura da mesma ser muito baixa.Se não ocorre o escapamento do terminal haverá.pelo menos vazamentos.

Instalação Inadequada

Instalação de mangueira efetuada de maneira inadequada é uma das maiores causas de falhas das mesmas. Deve-se considerar que, quando uma mangueira é pressionada, ela muda de comprimento, diminuindo até 4% ou aumentando até 2%. Se este fato não é considerado, e se uma mangueira é instalada completamente esticada, ao entrar em funcionamento poderá ocorrer, por ela diminuir no comprimento, uma separação da mangueira e seu terminal.

Alinhamento

Deve-se manter a mangueira alinhada, evitando portanto que ela venha a trabalhar torcida.

Para se ter uma idéia deste tipo de problema, uma mangueira torcida de 20° pode ter sua vida útil reduzida em 90%.

Ação abrasiva

Deve-se evitar a açao abrasiva por contato de mangueiras entra si, ou com partes móveis de máquinas ou equipamentos. Na maioria das vezes, o problema pode ser contornado pelo uso de abraçadeiras ou proteções adequadas.

Uso inadequado

Uma mangueira hidráulica deve ser utilizada na condução de fluidos e não como suporte, degrau, puxador, etc…